Vinte e cinco Aves de Lisboa – Lisboa Green Capital 2020
-Notícias

Vinte e cinco Aves de Lisboa

Lisboa acolhe uma grande biodiversidade nos seus variados ambientes: a zona ribeirinha do estuário do Tejo, o Parque Florestal de Monsanto, os parques e jardins dispersos por toda a cidade, os inúmeros bairros e pequenos logradouros, as ruas mais movimentadas…

A classe das aves é sem dúvida uma das mais representadas, de entre a diversidade faunística que aqui ocorre. Por toda a cidade encontram boas condições de alimentação, locais de nidificação e refúgio.

Este relevante grupo de animais é muito importante para a manutenção dos ecossistemas e para a nossa qualidade de vida. Contribui, entre outros aspetos, para a polinização das flores, para o controlo de pragas e para a dispersão de sementes, sendo a sua presença apreciada por muitos que desfrutam do seu canto, admiram a sua plumagem colorida e surpreendem-se com as suas tão distintas formas.

Todos nos apercebemos da existência das aves à nossa volta mas nem sempre nos apercebemos da sua variedade. Só em Lisboa foram registadas mais de 140 espécies entre 2005 e 2010, desde aves aquáticas e limícolas, passando pelas aves de rapina diurnas e noturnas, até aos inúmeros passeriformes.

Naturalmente é no Parque Florestal de Monsanto que a diversidade é maior, não só por constituir uma floresta relativamente grande, mas também devido aos diversos nichos que o compõem:

zonas de clareira, lagos, construções em ruínas, matas… Já na zona ribeirinha ocorrem espécies típicas de ambientes marinhos e estuarinos. Ali podemos surpreender-nos com a presença de aves que não associamos a uma cidade, como flamingos ou colhereiros, que procuram alimento remexendo o lodo.

O Guia Ilustrado de Vinte e Cinco Aves de Lisboa convida-o a conhecer as características, os hábitos e onde observar 25 espécies comuns em Lisboa. Algumas delas serão certamente conhecidas, outras poderá vir a descobri-las…

Descarregue o guia das 25 aves de Lisboa clicando na imagem abaixo