Tapada da Ajuda requalificada e pronta para ser visitada – Lisboa Green Capital 2020
-Notícias

Tapada da Ajuda requalificada e pronta para ser visitada

Tempo médio de leitura: 4 minutos

Se há época do ano em que todos estamos dispostos a mudar os hábitos é esta, “ano novo, vida nova” já diz o dito tão utilizado em janeiro, por isso, que tal aproveitarmos esta altura no ano para praticar algum exercício ao ar livre enquanto ficamos a conhecer melhor a nossa cidade e os nossos espaços verdes? A Tapada da Ajuda, recentemente requalificada, é uma boa opção para este início de vida saudável, ou simplesmente para uns passeios diferentes.

A intervenção, que contou com a criação e renovação de percursos pedonais e clicáveis que, desta forma, passam a ligar as quatro entradas da Tapada da Ajuda, assim como toda a Tapada ao Parque Florestal de Monsanto e à cidade, são o resultado de uma parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa e o Instituto Superior de Agronomia no âmbito de Lisboa Capital Verde 2020.

O investimento municipal de 700 mil euros, que serviu para recuperar os percursos até então degradados e sem segurança, contemplou também a instalação de nova sinalética e mobiliário.

Os planos incluem, ainda, a criação de dois parques hortícolas, naquele espaço, com cerca de uma centena de talhões que passarão a estar disponíveis à população e que tem abertura prevista para a primavera deste ano.

A cerimónia de abertura ocorreu no passado 23 de dezembro, com a presença de José Sá Fernandes, vereador do Ambiente, Clima e Energia, e Estrutura Verde e António Guerreiro de Brito, presidente do Instituto Superior de Agronomia.

Portanto já sabe, assim que tiver um tempo livre, pegue na bicicleta, ou calce as sapatilhas simplesmente, e venha passear por este espaço cultural e paisagístico incrível. E pelo caminho aproveite para observar a nossa bela cidade, e os seus arredores, no miradouro situado na parte norte da Tapada da Ajuda (junto ao marco geodésico – 134 metros de altitude) não vai ficar desiludido.

Tapada da Ajuda

A Tapada da Ajuda é um Parque Botânico, no interior da cidade de Lisboa, com cerca de 100 hectares.
Com um grande reconhecimento internacional, neste espaço onde a Reserva Botânica ímpar se destaca, estão representadas “as espécies características do clímax da zona, jardins, arboretos diversos, viveiros florestais, terrenos de cultura (pomares, vinhas, prados, culturas arvenses e hortícolas) e diversas espécies domésticas e silvestres características”.
Além desta riqueza natural, também o diverso património histórico e arquitetónico que remota ao tempo em que foi Tapada Real é algo de destaque. 

Zambujeiros (Olea europaea L. var. sylvestris (Mill.) Lehr), adernos (Phillyrea latifolia L.), sanguinho das sebes (Rhamnus alaternus L.), lentisco bastardo (Pistacia lenticusL.), espinheiropreto (Rhamnus oleoides L.), estrepes (Asparagus albus L.) ou gilbardeira (Ruscus aculeatus L) são algumas das espécies que podem ser visitadas neste bosque natural que, por momentos, nos faz esquecer que estamos numa grande cidade.