Sustentabilidade e Desporto: os temas do Orçamento Participativo de Lisboa. E as candidaturas já estão abertas – Lisboa Green Capital 2020
-Notícias

Sustentabilidade e Desporto: os temas do Orçamento Participativo de Lisboa. E as candidaturas já estão abertas

Tempo médio de leitura: 2 minutos

As candidaturas para a 12ª edição do Orçamento Participativo de Lisboa já estão abertas e o prazo termina dia 4 de abril.

As candidaturas ao Orçamento Participativo (OP) de Lisboa de 2021, que este ano tem como temas a sustentabilidade e o desporto e com um valor global de 2,5 milhões de euros, já se encontram abertas para a submissão de processos desde segunda-feira.

Assim, a 12ª edição pretende dar apoio a projetos “que promovam uma cidade mais sustentável, resiliente, amiga do ambiente e promotora de melhores níveis de saúde”, contribuindo, desta forma, para a execução do Pacto de Ação Climática e da Capital Europeia do Desporto 2021, destaca a autarquia.

A proposta a ser submetida deve decorrer segundo oito áreas temáticas: a “adaptação e mitigação das alterações climáticas”, a “energia limpa e renovável”, a “economia circular”, a “revitalização eficiente do edificado”, a “redução da poluição e preservação/recuperação do ecossistema e da biodiversidade”, um “sistema alimentar justo”, a “mobilidade inteligente e sustentável” e o “desporto e promoção da saúde física e mental”.

De forma a prestar apoio aos cidadãos a construírem as suas propostas e a submeterem ideias, estão agendadas duas sessões participativas temáticas, online, na próxima quarta e quinta-feira, sujeitas a inscrição através do site lisboaparticipa

O valor global do OP será de 2,5 milhões de euros, dividido em dois grupos de projetos: o primeiro refere-se a propostas que envolvam empreitadas de obras públicas, com montante inferior a 150 mil euros, enquanto o segundo, a projetos que envolvam a aquisição de bens móveis ou serviços de valor inferior a 75 mil euros.

Na edição passada do Orçamento Participativo de Lisboa, foram apuradas um total de 539 candidaturas, com o maior foque nas temáticas ambientais e de mobilidade.

As freguesias de Benfica, Areeiro e Arroios preencheram o pódio com 33 e 21 respetivamente, enquanto o Parque das Nações São Domingos de Benfica e São Vicente com 6 e 5, ficaram no fim.

Para mais informações www.lisboaparticipa.pt