Projeto da AML irá monitorizar a meteorologia e medir impacto das alterações climáticas – Lisboa Green Capital 2020
-Notícias

Projeto da AML irá monitorizar a meteorologia e medir impacto das alterações climáticas

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Área Metropolitana de Lisboa (AML) foi a selecionada para implementar o projeto CLIMA.AML: Rede de Monitorização e Alerta Meteorológico Metropolitano, ao abrigo do programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono.

A criação de uma solução integrada para a monitorização meteorológica em contexto urbano é o grande objetivo do projeto CLIMA.AML, um projeto da Secretaria Geral do Ambiente e da Ação Climática e financiado pelos EEA Grants 2014-2021.

A materialização desse projeto acontece através da instalação de uma rede metropolitana de 18 estações meteorológicas – em cada um dos municípios da AML –, nove micro-sensores de medição urbana e uma plataforma online que servirá para analisar todos os dados e informações necessários para uma precisa monitorização e avaliação dos dados meteorológicos.
Ao mesmo tempo será desenvolvido, junto da comunidade educativa, um conjunto de ações de comunicação e sensibilização para a problemática das alterações climáticas.

Desta forma, esta rede irá permitir que se conheça tanto os padrões associados às alterações climáticas e os seus impactos nas comunidades locais, como ajudará a complementar a rede do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Este projeto, que é uma continuação do Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas da AML – um plano apresentado publicamente em dezembro de 2019 e que pretendia reduzir a vulnerabilidade e adaptar a AML às alterações climáticas – , tem a duração de 30 meses, correspondendo assim ao período compreendido entre janeiro de 2021 e o final do primeiro semestre de 2023. Neste período todos os municípios da área metropolitana estarão envolvidos, o que irá facilitar a acumulação de um maior conhecimento, relativamente à recolha e disponibilização de dados meteorológicos à escala local e à evolução dos impactos e eventos resultantes das alterações climáticas que, progressivamente, têm incrementado a sua intensidade nesta região.

Para mais informações consulte aqui a página da Área Metropolitana de Lisboa.