Cientistas da FCT NOVA criam uma plataforma de apoio à renovação sustentável de edifícios históricos – Lisboa Green Capital 2020
-Notícias

Cientistas da FCT NOVA criam uma plataforma de apoio à renovação sustentável de edifícios históricos

Tempo médio de leitura: 3 minutos

“Green Menu” ou “Menu de Renovação Verde”, em português, é o nome da nova ferramenta online criada através do projeto pan-europeu “PAS2020”, que junta vários investigadores especializados em reabilitação de edifícios e eficiência energética de Portugal, Holanda e Eslovénia. Assim, quando este nome lhe surgir à frente já sabe do que se trata. 

Financiado pelo EIT Climate-KIC, o projeto materializou-se na criação de uma plataforma online cujo objetivo passa por tornar o processo de renovação de edifícios históricos em algo “mais simples, atraente e escalável”.

De acordo com os dados, os edifícios construídos antes de 1954 representam entre 10% a 30% do parque edificado, dependendo do país em análise. Assim, nesta plataforma online, os proprietários de casas históricas podem encontrar informações pertinentes sobre como tornar as suas habitações mais sustentáveis, incluindo soluções técnicas, oportunidades financeiras e regulamentação sobre património local. Além disto, a plataforma também permite aceder a ferramentas de cálculo de fácil utilização e encontrar informações relacionadas com oportunidades de renovação.

“Sabemos que a melhoria da eficiência energética nos edifícios é fundamental para os esforços globais de mitigação das alterações climáticas e a manutenção do aumento de temperatura abaixo de 1,5 °C. A atual crise pandémica veio também reforçar a importância de se investir na resiliência dos sistemas socioeconómicos e em estilos de vida saudáveis. A renovação de edifícios é uma medida essencial identificada pela Comissão Europeia no Pacto Ecológico Europeu, sendo uma iniciativa essencial para atingir as metas de energia e clima europeias e globais”, explica João Pedro Gouveia, investigador da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA).

Este projeto é o resultado de uma colaboração entre entre o CENSE – Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa, em Portugal, do E-Zavod – Institute for Comprehensive Development Solutions, na Eslovénia, e do De Groene Grachten, Holanda; obteve financiamento do EIT Climate-KIC, tendo sido selecionado num concurso europeu extraordinário para Projetos de Regeneração pós-Covid-19.