Apresentação do Programa de Mentoria da Women4Climate – Lisboa Green Capital 2020
-Notícias

Apresentação do Programa de Mentoria da Women4Climate

A partir de hoje é possível, a todas as mulheres empreendedoras, candidatarem-se ao programa Women4Climate.

Foi hoje apresentado, na Loja Capital Verde, o programa de Mentoria e Capacitação do Women4Climate Lisboa. A iniciativa que começou em 2017 com a Mayor de Paris Anne Hidalgo – a primeira mulher a liderar a C40, chega pela primeira vez a Portugal, em plena Lisboa Capital Verde Europeia 2020, pela mão da Câmara Municipal de Lisboa, com a promotoria da Startup Lisboa e a Casa do Impacto/SMCL. Margarida Figueiredo, diretora municipal da economia e inovação da CML explica-nos, no discurso de abertura, o contexto deste programa “Lisboa aderiu recentemente à rede C40, que é uma rede internacional de cidades. As grandes sociedades internacionais têm grandes preocupações com a sustentabilidade (…) nós em Lisboa e no âmbito dessa grande iniciativa montamos este programa de capacitação e mentoria para dar a oportunidade de trabalhar a questão da problemática da sustentabilidade relativa as alterações climáticas, e para juntar com a questão do Empoderamento feminino”.

Sendo um programa que inspira as mulheres a tornarem-se as próximas lideres na área da ação climática e da sustentabilidade ambiental, as desigualdades entre os dois sexos na sociedade foi abordado e para modificar esse paradigma é necessário evoluir “nos próximos 10 anos o que a cidade quer fazer é escolher evoluir, nós conseguirmos ter melhores resultados em todas as dimensões e isso também se traduz em termos uma sociedade cada mais igualitária onde as mulheres têm cada vez mais um papel central na nossa economia, muito mais do que têm hoje, porque hoje não é equilibrado, hoje não é justo, não está bem distribuído, as mulheres não tem acesso nomeadamente às posições de liderança que sejam correspondentes com o seu mérito “, refere Miguel Gaspar, Vereador da Mobilidade.

Este programa que pretende reverter a pouca representatividade feminina no setor ambiental, tem como data final de candidatura o 29 de Março, as inscrições são feitas através de um formulário disponível online.

O programa está dividido em duas fases, na fase 1 são escolhidos os 25 projetos que, durante 7 dias irão participar num bootcamp, onde as participantes desenvolverão as suas ideias de negócio. Na fase 2, são escolhidos os 15 projetos que serão acompanhados pelos mentores.

O projeto vencedor terá direito a um prémio de 10 mil euros, bem como acesso a uma rede de mentores e de parceiros da Startup Lisboa, à incubação na Casa do Impacto e ao programa de aceleração MAZE.

Quem se pode candidatar?

Qualquer mulher, de qualquer nacionalidade, individualmente ou em equipa e que tenha uma ideia/projeto ou empresa com menos de 5 anos de existência inovador nas áreas prioritárias da Lisboa Capital Verde 2020.

Áreas Prioritárias:

  • Energia;
  • Mobilidade;
  • Água;
  • Ruído;
  • Ar;
  • Alterações Climáticas;
  • Economia Circular;
  • Biodiversidade.

Datas-Chave

  • 19 Fevereiro a 29 Março – Candidaturas
  • 14 e 15 Abril – Seleção do Projeto
  • 26 a 28 de Abril e 4 a 7 de Maio – Bootcamp
  • Maio a Setembro – Mentoria e Networking
  • 8 de Outubro – Dia de apresentação dos 15 projetos.

Está disponível um site, onde é possível consultar mais informações sobre o projeto, bem como, proceder à inscrição no programa.