“Almada Atlântica, Mar da minha terra” – Lisboa Green Capital 2020
-Notícias

“Almada Atlântica, Mar da minha terra”

O último dia de fevereiro foi a data escolhida para a apresentação do novo documentário sobre as águas de Almada – “Almada Atlântica, Mar da minha terra”.

O documentário é uma produção desenvolvida pela Câmara Municipal de Almada em pareceria com o fotógrafo e realizador Luís Quinta, um dos mais prestigiados fotógrafos de natureza do país. Através de belas filmagens, Luís pretende dar-nos a conhecer o valioso património natural e a diversidade ecológica do ambiente marinho da frente atlântica de Almada, de forma a “educarmos a nossa sociedade e para deixarmos às próximas gerações um planeta com vida”, como referiu Nuno Matias, Vereador do Ambiente de Almada.

A orquestra do mar – um projeto de inclusão da escola e.b2.3 da Trafaria, preparou-nos para o ambiente de indescritível beleza marítima a que íamos assistir. Vestidos com trajes que nos faziam lembrar as redes que podemos encontrar, muitas vezes, nas águas e com instrumentos que iam da bateria aos búzios e conchas, depressa nos esquecemos que estamos no Teatro Municipal Joaquim Benite e somos facilmente transportados para o fundo do mar.

Depois desta atuação é hora de conhecermos o documentário, que pretende ser também um lembrete para uma questão fulcral ”temos de ter a perceção que nós podemos negociar com o homem mas nunca com a natureza “, frisou o vereador.

Durante cerca de uma hora passeamos pelas areias finas da costa almadense, mergulhamos com tubarões azuis e viajamos à profundeza do canhão de Lisboa, onde as águas são frias e ricas em alimentos. Vimos os belos afloramentos rochosos submersos, cheios de corais moles e de invertebrados que se escondem neste ambiente. Brincamos com os simpáticos golfinhos riscados e somos brindados com a rara aparição das baleias piloto, deliciamo-nos com a sincronização dos peixe-agulha e maravilhamo-nos com a imagem das orcas que durante o inverno sobrem e descem a nossa costa, quase de forma impercetível.

Este documentário, com a voz mítica de Eduardo Rêgo a guiar-nos pelos segredos da costa de Almada, tem exibições previstas no programa “Vida Selvagem” da SIC.

Para além deste filme, está em fase de conclusão um livro com mais de 100 fotografias de natureza, que pretendem ilustrar desde micro animais do plâncton às grandes baleias, bem como, ilustrações cientificas e desenhos de campo de grande rigor técnico,